Mantendo seu cão saudável

Cuidados de verão para o cão ao ar livre

Cuidados de verão para o cão ao ar livre

Seja devido a limitações de espaço ou preferência pessoal, alguns proprietários optam por manter seus cães ao ar livre. Um quintal cercado ou um tipo semelhante de recinto é o melhor. No entanto, se o seu cão vive ao ar livre, é necessário fornecer cuidados especiais para mantê-lo fresco e confortável durante os meses quentes do verão.

Habitação e Abrigo

No verão, você precisa fornecer um abrigo adequado para protegê-lo do sol e do calor. Uma casinha grande com piso frio ou roupa de cama de palha funciona bem. Certifique-se de que a abertura da casinha não esteja voltada para o sol. Se você optar por equipar a casinha com ventiladores para circular o ar, isso deve ser feito profissionalmente, porque cães curiosos podem mastigar cabos elétricos e criar um risco grave.

Se possível, mantenha o piso vários centímetros acima do solo para impedir que a água escorra para dentro. Isso aumenta a chance de doença em seu cão. A casinha deve ser grande o suficiente para permitir que seu cão se estique sem que nenhuma parte do corpo toque nas laterais.

Se for usada roupa de cama de palha, ela precisará ser trocada periodicamente. O canudo pode ficar mofado e criar uma variedade de problemas respiratórios e de pele. Você não deve usar o feno, pois geralmente contém um fungo que pode causar hemorragias nasais graves.

Higiene

Manter seu cão ao ar livre preparado regularmente ajudará a manter um pêlo saudável. Casacos compridos e grossos podem ser um problema no calor do verão. Alguns proprietários optam por visitar o aparador de barba no início do verão e têm o cabelo longo e grosso aparado. Se o seu cão está aparado ou não, manter o pêlo livre de tapetes ajudará a mantê-lo fresco.

Alimentando

Os cães mantidos ao ar livre no verão não consomem tanta energia na regulação da temperatura corporal como no inverno. Certifique-se de oferecer ao seu cão uma comida de boa qualidade. Esteja ciente de que os cães podem não comer bem em períodos de calor extremo. Monitore seu cão de perto durante ondas de calor severas. A água também é essencial no verão. Providenciar bastante de água fresca diariamente. Piscinas estagnadas de água ou piscinas podem deixar seu cão gravemente doente se ele beber delas, portanto, não permita que ele as use como fontes de água. Somente água fresca é aceitável.

Preocupações com a saúde

No verão, os cães são suscetíveis a uma variedade de doenças. Um monitoramento cuidadoso é necessário para detectar doenças precocemente. A insolação é um risco potencialmente fatal, especialmente para cães que não recebem água e alojamento adequados. Sem tratamento veterinário imediato, muitos cães com insolação perecem.

Além da exposição ao calor excessivo, as pulgas, os carrapatos e as moscas são predominantes. Qualquer irritação ou ferida na pele pode resultar em infestação de larvas. Se o seu cão ao ar livre não estiver adequadamente confinado, a ingestão de lixo pode causar distúrbios gastrointestinais.

Mantenha todos os itens automotivos longe do seu cão. Muitas pessoas trocam o anticongelante na primavera e a exposição ao anticongelante pode ser mortal. Verifique se o seu cão não tem acesso a produtos químicos tóxicos ou perigosos.

Herbicidas, fertilizantes e outros suprimentos de gramado e jardim podem representar uma ameaça à saúde. Mantenha esses produtos com segurança longe do seu cão.

Cuidados veterinários

Os exames físicos anuais são muito importantes no cão ao ar livre. O diagnóstico imediato e o tratamento da doença são importantes. Verifique se o seu cão ao ar livre está adequadamente protegido contra doenças por vacinação. O seu cão deve procurar parasitas intestinais e desparasitar adequadamente. Discuta alternativas de prevenção de pulgas e carrapatos com seu veterinário. Prevenção dirofilariose também é muito importante no cão ao ar livre. Por estar ao ar livre, sua exposição a mosquitos é grande e a possibilidade de contrair vermes cardíacos aumenta.